Esforço reconhecido: após vice do Mundial, Grêmio é recebido com festa da torcida

O título não veio. Mas o Grêmio lutou. Toda a dedicação demonstrada na derrota por 1 a 0 para o Real Madrid na decisão do Mundial de Clubes e a campanha ao longo do ano mereceram o reconhecimento do torcedor. No retorno da delegação dos Emirados Árabes, os tricolores estiveram no aeroporto Salgado Filho para afagar os ídolos no último contato da temporada.

Após a chegada ao Brasil no início da manhã desta segunda-feira a São Paulo, o grupo desembarcou em Porto Alegre às 13h30. Centenas de aficionados estiveram no pátio do portão 8, na Avenida Sertório, para aplaudir o esforço na empreitada no Oriente Médio. – Uma recepção muito boa, digna do que nossa equipe fez durante a temporada. Está todo mundo de parabéns. É isso que nos move, receber o carinho deles e estar realmente juntos, torcedores e jogadores – comentou Edílson no momento em que os jogadores saudaram os fãs.

– A gente fica feliz. Demonstra que o ano foi muito bom, com título muito importante da Libertadores. Obviamente que queríamos conquistar o Mundial. Em momento algum faltou luta, mas enfrentamos o melhor time do mundo, que é o Real Madrid. Tivemos um ano excelente – destacou Ramiro. Os cânticos, mais uma vez, deram o tom da festa. Contudo, não foi aquela sonhada pelos tricolores. Como o grupo saiu de férias, nem todos retornaram à capital gaúcha. O técnico Renato Portaluppi, por exemplo, ficou no Rio de Janeiro, e seu empresário, Gerson Oldenburg, voltará a se reunir com a diretoria na terça-feira para tratar a renovação.

Há também tratativas com Fernandinho e Jael, além de analisar as situações de Cristian e Cícero. Por outro lado, Arthur tem a sequência na Arena incerta. O volante, ausente do Mundial em razão de uma entorse no tornozelo esquerdo, é pretendido pelo Barcelona. A partir da chegada ao Brasil, os atletas são liberados. O início das férias ocorre com 15 dias de atraso em relação aos outros clubes do país. Até por isso, a programação do início do próximo ano também está modificada.

Uma parte dos jogadores do grupo de transição se apresenta nesta segunda, inclusive. Outra, que encerrou o Brasileirão atuando, volta dia 4 de janeiro. Estes dois elencos, com jogadores como Jean Pyerre, Patrick, Dionathã e companhia, irão começar a disputa do Campeonato Gaúcho. O Grêmio também entrou em contato com a Conmebol para mudar as datas da Recopa, inicialmente marcada para os dias 7 e 21 de fevereiro, contra o Independiente, justamente porque o retorno do elenco principal ocorrerá dia 16 de janeiro, véspera da estreia no Gauchão, dia 18, contra o São Luiz, em Ijuí. A FGF abriu a possibilidade de os clubes inscreverem 10 jogadores das categorias de base além dos 32 permitidos na lista e utilizá-los nas primeiras seis rodadas da competição.

Há ainda aberta uma possibilidade do grupo gremista ganhar os primeiros 20 dias de férias e em outra oportunidade ter os 10 dias restantes, especialmente se as datas da Recopa forem mantidas.

 

Você pode gostar...