Nas parciais de janeiro, Polo mantém a quarta posição com Argo em sétimo

O mês de janeiro é tradicionalmente fraco. Por conta disso, os números abaixo são inferiores aos dos demais meses. Ainda assim, o líder Onix não deixa de emplacar um bom volume. Nessas parciais do começo do ano, cujas vendas são referentes ao período até 29 de janeiro, visto que a Fenabrave bloqueia o acesso às vendas dos dois últimos dias, o compacto da GM já tem mais de 14 mil vendidos.

Isso é mais que o dobro do segundo colocado, o Ka, que ficou pouco à frente do HB20. O duelo entre os dois promete ser bom este ano, com o Ford ganhando atualização visual e outras novidades. Já em quarto, o Polo se posiciona bem e mais, para a VW é um alívio ver que o Gol não teve seu desempenho alterado com o novo irmão. Ou seja, conseguiu colocar dois entre os cinco mais vendidos até o momento.

Quem pode estragar a dobradinha é o Prisma, muito próximo do best seller da VW. Na briga com o Polo, o Argo parece ter começado com o pé esquerdo, ficando bem distante do rival alemão. O Corolla ficou entre ele e o Mobi, outro Fiat que também está no Top 10. Porém, a FCA ainda tem o Compass em décimo, sendo também o líder dos utilitários esportivos.

No segundo pelotão, aparece o HR-V e logo depois o Etios. O Kicks não vem muito próximo, mas tem na cola o ainda atuante Fox, que mesmo com duas versões e apenas motor 1.6, consegue manter o ritmo após a chegada do Polo. Já o Creta aparece a seguir, mais distante.

Após a reformulada no visual, o Fit voltou a vender bem. Já HB20S e Voyage ensaiam um duelo. Por fim, o Renegade agora tem que rodar mais para não sair do Top 20, o que aconteceu nessas parciais com o EcoSport. O Sandero surge em vigésimo para representar a Renault, que vira e mexe sai do grupo.

Você pode gostar...