Toyota começa a vender novo Camry no Brasil por R$ 189.990,00

A Toyota começou — silenciosamente — a vender no Brasil a nova geração do Camry, seu sedã médio-grande que há anos é o campeão de vendas da marca nos Estados Unidos. O modelo chega importado em sua versão XLE, ao preço sugerido de R$ 189.990. A opção, que no mercado norte-americano custa US$ 34.400 (algo como R$ 113 mil), traz um potente motor 3.5 V6 a gasolina de injeção direta, com 310 cv e 37,7 kgfm de torque, câmbio automático de oito marchas e tração dianteira.

Esta 12ª geração do sedã quase não guarda semelhanças com a anterior, a começar pela plataforma. O Camry 2018 usa a base TNGA (Toyota New Global Architecture), também presente no Prius e no crossover CH-R, ambos híbridos. As dimensões seguem generosas, com 4,88 metros de comprimento, 1,84 m de largura e 1,45 m de altura. O entre-eixos de 2,82 metros é um dos destaques, assim como o enorme porta-malas de 593 litros. Há luxos como ajuste elétrico do encosto do banco traseiro e ar-condicionado de três zonas.

Em estilo, o novo Camry rompe com as linhas clássicas das gerações anteriores e adota traços mais afiados e modernos, com uma generosa pitada esportiva. Na dianteira, os faróis se conectam à grande com assinaturas em LED, mas o que chama a atenção é a enorme seção central do para-choques, que se faz de tomada de ar. Na traseira, o teto tem caimento acentuado e se prolonga até a tampa, formando uma espécie de defletor. As lanternas, por sua vez, são compridas e vão das laterais até invadir a tampa.

O ponto alto em termos de design está na cabine, rica em couro e materiais macios ao toque. O painel é ultra moderno, com um enorme nicho cheio de botões ao centro. A seção traz a tela multimídia de 8 polegadas, que é rodeada de botões (alguns sensíveis ao toque). Há peças em madeira, como de praxe no Camry, e o quadro de instrumentos traz outra tela de 7 polegadas, onde são reproduzidos mapas, configurações e dados de bordo. Há persianas nas portas e no vidro traseiro, e o ar-condicionado tem sistema de purificação.

A lista de equipamentos de segurança reúne sete airbags (frontais, laterais, de cortina e para os joelhos do motorista), ABS com EBD, controles de estabilidade e de tração, assistente de saída em rampas e Isofix. Porém, não há recursos mais avançados, como Head-Up Display, controle de cruzeiro adaptativo, monitor de ponto cego e frenagem de emergência, o que acaba sendo uma decepção — o cliente do novo Camry terá de se contentar com itens como freio de mão eletrônico e função Auto Hold.

Você pode gostar...